Homem recebe rescisão em 228 Kg de moedas sujas de óleo

 Ex-funcionário recebeu o pagamento após colocar o ex-patrão na justiça

Patrão paga ex-funcionário com montanha de moedas suja de óleo
Patrão paga ex-funcionário com montanha de moedas suja de óleo Foto: Reprodução

Na Geórgia, Estados Unidos, um homem precisou acionar a justiça para receber o salário de seu último mês de trabalho numa concessionária, onde cumpria a função de vendedor. Antes que o processo se encerrasse, entretanto, o vendedor foi pago com uma montanha de moedas besuntadas em óleo de motor.

Conforme a legislação do estado da Geórgia, em novembro de 2020 o homem chamado Andreas Flatten entregou uma carta a seu chefe comunicando que deixaria a empresa em duas semanas. Mas o patrão não recebeu a notícia muito bem.

– Ele congelou e ficou me encarando por mais ou menos um minuto. Eu lembro claramente: ele levantou, pôs as mãos na cabeça e sumiu por uma hora – contou Flatten à rede CBS 46, na última terça-feira (16).

Apesar da reação, o chefe prometeu que pagaria em janeiro o último salário de Flatten, mas não cumpriu o que foi acordado. O patrão acusou o funcionário de causar danos à empresa para justificar o não-pagamento, o que fez com que Flatten acionasse o Ministério do Trabalho da Geórgia.

– A essa altura, eu esperava que ele não fosse mais me pagar – afirmou o vendedor.

Após 5 meses da denúncia, Andreas e sua namorada ouviram um barulho no meio da noite, vindo do quintal de casa. Quando saíram, encontraram a montanha de moedas com um bilhete xingando o ex-funcionário. As moedas somam um total de 915 dólares (aproximadamente R$ 5.046) e pesam cerca de 228 Kg.

– Eu não tinha onde colocá-las. Eu não sabia o que iria fazer – disse Flatten, que acabou colocando as moedas em um barril e pretende limpá-las para trocar em um banco, já que nenhum lugar aceitaria as moedas pingando óleo.

Fonte: Pleno News