Fugini admite corante vencido, mas com “percentual pequeno”

Empresa enviou comunicado às redes de supermercados

Alsorsa.News | Fugini admite corante vencido, mas com “percentual pequeno”

Fugini Foto: Divulgação

Fugini, empresa de molhos de tomate, maionese, mostarda e conservas vegetais, enviou nota às redes de supermercados admitindo ter usado corante vencido na fabricação de sua linha de maionese. No entanto, a empresa ameniza dizendo que o percentual foi baixo.


– Esse lote de produtos foi fabricado com adição do ingrediente urucum (agente natural para dar cor ao produto) que representa 0,003% da formulação que estava fora da sua data de validade – informou.


A informação veio após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciar, nesta quarta-feira (29), a suspensão da fabricação, distribuição, comércio e uso dos produtos da marca.


A decisão foi motivada pela identificação de falhas de boas práticas de fabricação relacionadas à higiene dos produtos, controle de qualidade e segurança das matérias-primas, controle de pragas e rastreabilidade, entre outros problemas.


No aviso aos supermercados, a Fugini confirmou que está realizando um recall da linha de maionese produzida entre 20 de dezembro do ano passado e 21 de março deste ano, ou seja, com prazo de validade até dezembro, com número de lote iniciado em 354 e produtos com validade entre janeiro e março de 2024. Anvisa já havia orientado o recall dos itens.


– Sempre cumprimos com todas as nossas obrigações sociais, legais, trabalhistas, fiscais e tributárias, nos posicionado como uma locomotiva do desenvolvimento do Agronegócio do Brasil e principalmente dos estados de São Paulo e Goiás, e assim pretendemos seguir – diz a empresa.


*Pleno.news