O que é uma plataforma low-code?

 O que é uma plataforma low-code?

Alsorsa.News
Reprodução/Freepik

Plataforma low-code é uma solução de desenvolvimento de software que utiliza menos codificação manual para criar aplicativos e sistemas. Esse modelo emprega uma interface gráfica com ferramentas lógicas e recursos de arrastar e soltar que simplificam o processo de gerar códigos em diferentes linguagens de programação.


Esse método reduz o tempo com codificação, acelera as entregas de negócios e oferece maior acessibilidade às pessoas com menor conhecimento técnico na área.


O que é low-code?

As soluções de baixo código apresentam ferramentas que eliminam a necessidade de escrever toda a programação de um sistema e permitem que códigos personalizados sejam inseridos quando necessário.


No low-code, o desenvolvimento de software é realizado através de interfaces visuais, nas quais os desenvolvedores podem arrastar e soltar componentes — como botões, formulários e caixas de texto — para gerar o código do aplicativo.

CaptiO low-code facilita o desenvolvimento de aplicações mesmo com conhecimento limitado em programação (Imagem: Reprodução/Freepik)

Entre as vantagens de usar uma plataforma low-code estão:

Acessibilidade: pessoas com pouco conhecimento em codificação podem contribuir e participar de projetos;

Flexibilidade: as plataformas oferecem soluções avançadas em diferentes linguagens de programação que ajudam inclusive desenvolvedores experientes;

Integração: recursos de integração nas plataformas facilitam a conexão com sistemas, bancos de dados, APIs e aplicativos de terceiros;

Agilidade: as ferramentas de geração de código dão velocidade ao desenvolvimento de softwares e aplicativos;

Redução de custos e aumento de produtividade: as soluções low-code otimizam o tempo de programação e aceleram as entregas.


Diferença entre low-code e no-code

Vale notar que existe diferença entre plataformas low-code e no-code. A primeira é uma solução voltada principalmente para desenvolvedores que permite a criação de aplicações com pouca codificação manual.


Já o no-code elimina as informações técnicas e não há edição manual de códigos de programação. Todo o desenvolvimento nessa modalidade se dá em plataformas visuais simplificadas e intuitivas.


Quais são as plataformas low-code

Entre os exemplos de plataforma low-code no Brasil, é possível citar:

Zeev;

Salesforce;

Zoho;

Mendix;

Appian;

Outsystems;

Caspio;

AppSheet;

FileMaker;

BuildFire.

Essas plataformas possuem planos e soluções que atendem a diferentes necessidades.

*Canaltech