Bluesky, nova rede social criada para substituir Twitter, já pode ser baixada

Em fase de testes, plataforma online permite aos usuários a personalização dos feeds sociais

Bluesky, nova rede social criada para substituir Twitter, já pode ser baixada
Bluesky: ainda em fase de testes | Foto: Bluesky/reprodução


Bluesky, a alternativa descentralizada do Twitter, é uma nova rede social que promete ser um novo caminho para as interações online. Ela foi fundada em 2019 por Jack Dorsey, curiosidamente, também cofundador do Twitter. Com a aquisição bilionária do Twitter por Elon Musk - e o atual estado da rede social - o serviço surgiu como alternativa à rede do passarinho, inclusive para usuários brasileiros. 


Como a rede social ainda não foi lançada oficialmente, é necessário ter um código de convite para acessá-la durante a fase de testes. Outra opção é aguardar na lista de espera disponível na página de login no app até o seu lançamento oficial. No entanto, o aplicativo já está disponível para usuários Apple e, na útima quarta-feira, 19, foi disponibilizado para aparelhos Android.


Pelo Twitter, a hashtag #bluesky foi um dos mais comentados neste sábado (22) e alguns usuários brasileiros já conseguiram acessar a plataforma e comemoraram a semelhança com a rede do passarinho.


Com funciona

De acordo com uma postagem em destaque no blog oficial da BlueSky, a moderação combinará filtragem automática de conteúdo e o controle por administradores reais. Para usar, as funções são semelhantes a do Twitter. Por lá, é possível fazer publicações em texto, com no máximo 256 caracteres, e em imagens, assim como excluir seus posts e curtir, comentar e repostar as publicações de outros usuários. Entretanto, a Bluesky não é possível publicar vídeos e nem áudios.

Alsorsa.News | Bluesky, nova rede social criada para substituir Twitter, já pode ser baixada