Como Você Fecha Sua Mão Revela Sua Personalidade


Sabia que a forma que você fecha as suas mãos, naturalmente, pode revelar a sua personalidade?


Faça o teste agora mesmo… Apenas feche sua mão e compare com a imagem.


Como é a sua maneira de fazer isso?


1 ▪︎ Como você é visto pelos outros:


Um lado criativo, raciocínio rápido e expressivo, mas muitas vezes agem pela emoção. Tem um talento especial para a arte. Pessoa inteligente, cautelosa e sabe como ser justa, mas também é boa em manipular as pessoas.


Como você é:


Prefere manter a calma. Tem natureza amável e prefere se segurar para evitar de machucar alguém. Geralmente, é muito sociável, porém, deseja espaço e liberdade para viver seus sonhos. Você é muito atencioso e muitas vezes, exige muito de si, o que pode te trazer preocupações desnecessárias.


2 ▪︎ Como você é visto pelos outros:


Pessoa criativa e talentosa. Faz amigos rapidamente com seu encanto pessoal. Sua generosidade, inteligência e auto-confiança chama a atenção. Dá muita importância ao poder e é capaz de trabalhar duro por isso. Mas também é considerada uma pessoa flexível e atenciosa.


Como você é:


Um coração sensível. Tem altas expectativas e ao mesmo tempo, um grande medo de perder e ser ferido. Tudo o que você precisa é de encorajamento e, principalmente, de pessoas à sua volta que te entendam e te amem como você é.


3 ▪︎ Como você é visto pelos outros:


Pessoa sensível, de forte imaginação e intuição. Gosta muito de ajudar e é uma pessoa muito generosa. Entusiasmada pelas coisas que te interessam. Por isso, pode ser impaciente e colocar toda sua energia em seus próprios interesses. Curiosa, aventureira, com bom senso de humor e possui a habilidade de rir de si mesma.


Como você é:


Você sabe o que quer e o que é ruim para você. A coisa mais importante é que as pessoas sejam sinceras consigo. Gosta de se sentir aceito. Às vezes, é muito gentil com seus próximos e por isso, corre o risco de ser explorado. Tem grande necessidade de segurança e da muito valor para a honestidade.


E aí, fez sentido pra você?